Você sabe o que é Gestão de Obras?

Gestão de obras nada mais é do que o processo de controle logístico de uma obra de engenharia civil. Esse processo começa antes da obra ir para o canteiro de construção. O planejamento desse processo tem como intuito mensurar a quantidade de material que será utilizado, a mão de obra, o tempo de realização e orçamento, visando justamente para que não ocorra atrasos, nem aumente o custo da obra e que também não falte nada para o processo que será efetuado.

Para mais informações sobre obras acesse nosso artigo “Obras! Da fundação ao acabamento

O que faz um Gestor de Obras?

O gestor de uma obra tem como principal função efetuar o planejamento de como a obra será executada. Esse planejamento exige fluidez e cuidado.

Ele além de planejar o passo a passo, deve prever todos os possíveis imprevistos que possam acontecer e evitá-los. Além de possuir “jogo de cintura” para conseguir lidar com certas circunstâncias não planejadas que ocorreram inevitavelmente ao longo do processo. Mas quando o gestor possui tal qualidade, esses problemas podem ser resolvidos com facilidade e agilidade.

Abaixo listaremos algumas qualidades que um gestor eficiente deve possuir para se destacar:

  • Estar à frente do planejamento e de sua execução;
  • Organização e controle da obra;
  • Orientação de todas as equipes de trabalho;
  • Análise dos recursos à disposição e alinhamento com o orçamento para a execução da obra;
  • Cumprimento do contrato e respectivos prazos previstos;
  • Zelo pela segurança da obra e dos colaboradores, bem como da qualidade dos serviços realizados.

Entenda como funciona a Gestão de uma Obra

A gestão de uma obra começa no planejamento pré-construção, antes do canteiro ser montado. Deve ser analisado tudo que será feito na obra em si, material que será utilizado, mão de obra necessária, prazo de conclusão e todo o orçamento que envolve a obra. Por tanto o gestor da obra tem como função pensar em todos esses fatores, assim que tudo esse planejamento estiver feito, poderá ser dado início a construção.

O gestor deve decidir um planejamento estratégico de como a obra irá fluir. Também chamada de estratégia produtiva, tem como foco auxiliar no andamento da obra, da melhor maneira que for possível, o gestor deve olhar para cada passo que deve ser feito e como eles serão sequenciados para a produtividade ser mais efetiva. 

Ele possui como dever também estar sempre presente no canteiro de obras, pois é necessária uma figura de liderança no local, para dar as instruções necessárias, tirar as dúvidas e solucionar qualquer problema que possa aparecer durante o serviço. Deve possuir total controle do estoque de materiais, sabendo de tudo que há nele e a quantidade de cada coisa que ali está. Pois assim ele conseguirá controlar o que deve ser usado, como e quando, mensurando as quantidades, evitando o desperdício e também a falta de materiais.

Cabe a ele também contratar os profissionais que atuarão na obra, ele deve buscar a mão de obra mais qualificada, visando a eficiência e a necessidade que a obra possui, assim recrutando para as áreas que serão realizadas durante o processo de construção.

Conclusão:

Uma gestão de obras necessita de projetos bem feitos e um estudo logístico minucioso da construção. É imprescindível possuir uma relação saudável com seus colaboradores, fornecedores e parceiros. Trabalhar com prazos reais, tendo uma margem de segurança e entender a sequência que os serviços serão efetuados. Possuindo um profissional que cumpra essas características, a sua obra será concluída com sucesso.