Você sabe os passos necessários para se abrir um negócio?

Iremos te explicar de uma maneira simples e fácil de entender, tudo o que é necessário para que você se torne seu próprio chefe.

Tudo se começa com um bom planejamento, ter certeza do caminho que você quer que sua empresa siga, é de suma importância.

Ideia

É basicamente a ideia que você tem para o seu negócio. O que você quer que seja sua empresa, qual ramo de atuação vai seguir, como você imagina sua marca, nome, logo etc. Toda ideia deve ser colocada no papel antes de seguir para os próximos passos.

Persona

Depois que você definiu o que é sua empresa em si, agora você precisa pensar em qual a parcela do público você quer atingir, qual vai ser seu público-alvo (target). Para descobrir essas informações, é necessário fazer uma pesquisa de mercado e com isso definir a sua persona, que nada mais é do que um “retrato” do seu público, com base na pesquisa, você consegue descobrir como ele pensa, como age, o meio em que vive, seus medos, desejos grau de ensino, classe social etc.

Com essas informações em mãos, você conseguirá traçar seu persona e ajudará a definir como posicionar sua marca para ele.

Proposta de Valor

Na proposta de valor você demonstra para seu target, qual o valor que seu produto/serviço agregará para ele e porque é a melhor opção. Utilizando de um texto claro e objetivo, você mostrará que o que você está oferecendo é mais vantajoso e o beneficiará mais. Para sua proposta de valor ser certeira, você deve conhecer bem, seu público-alvo e seus concorrentes, quantos mais informações você possuir, melhor e mais elaborada será a proposta.

Modelo de negócios

O modelo de negócios, também conhecido como Canvas foi desenvolvido Alex Osterwalder, é utilizado para ajudar a compreender como funciona as principais de um negócio. O Canvas  tem como objetivo descrever todos os passos e fases que compõem um empreendimento. Segundo Osterwalder, os principais elementos de um empreendimento são: segmento de clientes, proposta de valor, canais de distribuição, relacionamento com clientes, fontes de receita, recursos principais, atividades chave, principais parcerias e custos. Com as atividades no quadro descritas e organizadas, fica mais fácil para o empreendedor organizar sua estratégia, como aumentar os resultados e como conquistar e fidelizar seus público.

Plano de Negócios:

É um documento que possui detalhadamente todas as informações mercadorias do seu ramo de atuação.Elaborar um plano de negócio é um dos passos mais importantes para seu negócio dar certo. Ele é quem mostra o caminho a ser traçado por sua empresa. Contém produtos e serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, pontos fortes e fracos do negócio. Com isso você conseguirá diminuir os riscos de sua empresa dar errado. Ainda fazem parte do plano de negócios, o plano de marketing, o plano financeiro, o operacional e o jurídico.

Plano de Marketing:

É um documento que contém a estratégia de marketing que sua empresa irá utilizar, focado em um objetivo. Todo o processo está inteiramente detalhado neste plano. Ele pode abranger de 1 a 5 anos.

Plano Financeiro:

No plano financeiro contém toda as informações ligadas às finanças da empresa, tais como: o orçamento, o balanço patrimonial, o fluxo de caixa e a análise dos dados. Com base na análise dele, é possível saber se o que foi planejado está sendo cumprido e se vida financeira do empreendimento está saudável.

Plano Operacional:

O plano operacional visa gerar o resultados para sua empresa a curto prazo. Ele esquematiza todos os passos que seus colaboradores têm que tomar para efetuar suas tarefas com sucesso. Ele também indica os responsáveis por cada atividade e os recursos que serão utilizados. Tem como objetivo maximizar os resultados das operações realizadas por cada setor de sua empresa.

Plano Jurídico:

Também conhecido com plano estratégico jurídico, serve para alinhar todos os outros planos da empresa com às políticas das mesma, antecipar e neutralizar possíveis riscos e conflitos.Leva também em consideração todos os aspectos relevantes das operações organizacionais, a fim mapear todos os riscos envolvidos nas atividades, auxiliar nas tomadas de decisões, determinar medidas de reestruturação e desenvolver formas de aprimoramento da organização.

Agora vamos falar sobre quais documentos são necessários e de extrema importância para sua empresa estar regular.

Primeiro você deve fazer o cadastro no Simples (Sistema Integrado de Imposto e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte), ser inscrito na Previdência Social e estar cadastrado na Junta Comercial para ter seu CNPJ.

Documentos que são emitidos por órgãos municipais:

Alvará de funcionamento:
É um documento que autoriza uma empresa a exercer suas atividades. Comércios, indústrias, prestadores de serviços necessitam deste alvará para funcionar em legalidade. Essa licença é concedida pela prefeitura ou outro órgão governamental municipal e dá o direito de exercer certas atividades em um certo local.

AVCB/CLCB:
São os documentos que atestam que a edificação onde sua empresa está instalada foi vistoriada pelo corpo de bombeiros e está conforme às regras de segurança e prevenção contra incêndio.

Alvará/Licença Sanitária:
É o documentos que atesta que o seu local está de acordo com as condições de operativas, físico-estruturais e sanitárias.

Esses são os principais documentos necessários para se estar de acordo com as leis e normas de seu município. Estar em falta com algum deles pode inviabilizar a abertura de seu negócio.